Manelão: um exemplo de simplicida​de

Foi com grande pezar que neste mês de dezembro comunicamos o falecimento de Manuel Martins de Almeida, mais conhecido como Manelão.

Poeta e músico, defensor da vida simples e comunitária, estava ao lado dos movimentos sociais que lutam pela terra e autonomia. Alguns integrantes do MJD Brasil tiveram contato com ele quando participaram do Mutirão Dominicano, em Conceição do Araguaia, no Pará, local que Manelão morava. Neste período, puderam compartilhar as experiências com Manelão, ouvir suas músicas e histórias. Abaixo está um depoimento de Lívia, do MJD São Paulo, sobre Manelão:

“Fiquei sabendo da morte do nosso querido Manelão, ontem (10/12/11) no final da tarde. Estou muito triste por essa grande perda que tivemos! Era uma pessoa muito especial, forte que contagiava à todos com sua música, com seu jeito simples de viver de pés descalços no chão.

Deixo aqui minhas condolências à família de Manelão, começando pela bela Angelita, uma de suas filhas e grande companheira de mutirão, até toda a família dominicana que sei que sentirá sua perda para todo o sempre.

Escrevo esse e-mail ao som das músicas desse grande homem exemplo de vida cristã. Agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de conhece-lo!

Música que me lembra nosso amigo:

O grito

“Iê a ô, Araguaia cadê seu cantor?
Aquele homem que cruza as montanhas de pés no chão,
A viola no ombro, o livro da verdade na palma da mão,
Os pés calejados e o rosto queimado do sol do sertão.
Iê a ô, Araguaia cadê seu cantor?
Aquele homem que canta as belezas do Araguaia,
palavras correntes quebrando as cercas,
Tombando, caindo no chão,
É um grande poeta, da esperança e da libertação.
Iê a ô, Araguaia cadê seu cantor?
Aquele homem que grita nas margens do Araguaia,
Quiserem calar sua voz, a semente da inspiração.
Mas ainda é forte, este grito em nosso coração.”

Música de Jota de Xinguara, do CD “Filho da liberdade: Antologia Musical – Manelão

Deixamos também aqui alguns links, para divulgarmos o trabalho e a vida desta grande figura que deixa ótimos exemplos:

Vídeo que Manelão fala sobre criar raízes, durante o Mutirão Dominicano em 2011, em Conceição do Araguaia, aos jovens

Uma das músicas de Manelão

Anúncios

3 pensamentos sobre “Manelão: um exemplo de simplicida​de

  1. O Manelão, foi um dos melhores seres humanos que conheci, ele dedicou grande parte da sua vida realizando desobrigas (visitas), levando sempre o seu violão e as suas palavras de conforto e confiança aos menos favorecidos; e principalmente aos menos informados. O Manelão, foi um homem muito simples, mas muito inteligente e muito ligado aos filhos e netos. No seu coração só existia: Amor, esperança, confiança nas pessoas e na palavra de Deus. Eu o conheci muito bem, tocamos juntos na decada de 70 nos grupos: Athaide ritmo e som e super som 2001. Ele foi também padrinho da minha filha Renata. Na minha opinião, ele merece um dos melhores lugares no ceu. Bom músico, bom pai , bom filho, bom escritor e muito bom amigo. (Renato Gonçalves)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s