Lançamento da Agenda Latino-Americana em São Paulo

por Osvaldo Meca e Bruno S. Alface

espaço

foto da ilustração de capa da Agenda Latino-Americana 2013

espaço

Na última sexta-feira, 21/09, participamos do lançamento do Livro-Agenda Latino-Americana Mundial em São Paulo, SP. O evento ocorreu no famoso Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo e sem dúvidas foi uma noite memorável.

O Salão Nobre, que tem sua pompa particular, foi decorado de maneira simples e elegante – com panos, velas e tecidos de diferentes cores – e ficou com um ar mais leve e uma beleza particular de eventos e encontros como esse. Vejam algumas fotos:

espaço

espaço

Como é de praxe das cerimônias de lançamento da Agenda, o evento girou em torno de duas temáticas centrais, que eram de proporcionar ao público um entendimento do significado do Livro-Agenda e sua temática para 2013 – ‘’A outra economia’’ – e também de homenagear alguns agentes de transformação social de diferentes lugares.

Os homenageados da noite foram:

  • DIEESE – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos;
  • Elizabeth Rondon Amarante – Irmã Beth Myky;
  • Escola Projeto Âncora;
  • Irmandade do Servo Sofredor – ISSO;
  • Grupo Pão e Arte;
  • CEEP – Centro de Educação, Estudos e Pesquisas;

Os mediadores da noite, Antonio Carlos Pereira (Tonny) e Liz Mari da Silva Marques, abriram as falas da noite expressando um pouco do signficado da Agenda. Ressaltaram o fato de que, mais do que somente uma agenda ou um livro, ela simboliza um ponto de união entre aqueles que lutam por uma sociedade mais justa, que buscam a verdadeira transformação social. “Uma outra economia” que não seja somente econômica, mas também social, cultural, ecológica e que, sim, é possível, também foi assunto abordado durante o discurso de abertura.

espaço

Antonio Carlos Pereira (Tonny) e Liz Mari da Silva Marques

espaço

O primeiro a ser convidado a subir no palco e prosear foi Frei João Xerri, OP, que também é membro da associação dos Amig@s da Agenda Latino-Americana em São Paulo, responsável pela organização do evento. João destacou o histórico de 22 anos de agenda latino-americana, cuja proposta foi sempre de abrir espaço para ‘’o outro’’, para ‘’uma outra opção’’ diferente das muitas opções que estamos acostumados.

O Frei também fez um resgate em sua memória e compartilhou conosco a resposta que deu a si mesmo quando o convidaram para fazer parte do Projeto da Agenda:

‘’Se eu vivesse na idade média eu faria das tripas coração para conhecer São Francisco, e aqui tem São Francisco. ’’

Durante a noite do evento estávamos munidos de câmera e microfone, e pedimos para João Xerri falar especialmente ao nosso Blog. João falou um pouco sobre a proposta e o significado da Agenda e também sobre a ilustração da capa. Assistam ao vídeo:

espaço

espaço

Após a fala de Xerri, foi exibido o belíssimo videoclipe da música ‘’Latinoamérica’’ da banda porto-riquenha Calle 13, que conta com a participação das vozes latinas da peruana Susana Baca, da colombiana Totó La Momposita e da brasileira Maria Rita.

Assista aqui o videoclipe: 

espaço

espaço

Thomaz Ferreira Jensen, economista e assessor técnico do DIEESE, foi o segundo a ser chamado ao palco para falar. Thomaz abre seu colóquio enfatizando o pessimismo nas análises econômicas atuais, mas faz um contraponto com a visão encorajadora de Pedro Casaldáliga, que enxerga na economia um importante e atual campo de disputas.

O economista conduziu nossa atenção para a ‘’desnacionalização’’ que acontece nos países latinos, fruto de resquícios dos processos de colonização e abusos sofridos por essas nações. Alguns dados e informações destacadas por Thomaz:

‘’Dado do primeiro semestre de 2012 – Brasil: Nunca antes tantas empresas nacionais passaram a fazer parte do capital estrageiro (…) ’’ ‘’(…) e a maior parte é dos EUA (…)’’.

‘’(…) E o que esses capitalistas fazem com o recurso obtido com a venda do patrimônio? Enviam para fora do país. ’’ – completa ele.

Ranking dos países que mais possuem recursos depositados no exterior, nos chamados ‘’paraísos fiscais’’:

1º CHINA; 2º RUSSIA; 3º COREIA; 4º BRASIL; 5º MÉXICO; 6º VENEZUELA; 7º ARGENTINA.

De acordo com o economista, a elite brasileira possui hoje aproximadamente Um trilhão de reais – R$ 1.000.000.000.000 – depositados em contas no exterior. Quantia que, pasmem, ultrapassa o valor da divida externa do nosso país – que é de 330 bilhões de dólares.

Para concluir sua fala, Thomaz enfatiza que um importante desafio para uma outra economia seria transformar a nossa elite ‘’desenraizada’’ do histórico de luta do povo latino. E finaliza:

‘’O vídeo que assistimos aqui [da música latinoamérica] não faz o menor sentido para eles’’.

espaço

Foto de Thomaz Ferreira Jensen

espaço

Ao término da fala de Thomaz e ao som da música Cio da terra, se inicia a apresentação do Grupo Pão e Arte, que proporciona ao público um momento místico antes de iniciar a fala de sua representante, Terezinha.

Em sua fala, Terezinha destaca a união das mulheres pela transformação da realidade da Zona Leste de São Paulo. Fala sobre o projeto de formação nas favelas locais e ressalta:

‘’Cada um de nós, todos somos capazes de mudar o mundo’’. 

espaço

Foto de Terezinha

espaço

Seguida do colóquio do Grupo Pão e Arte, começou a apresentação da Associação de Leigos Irmandade do Servo Sofredor, cuja fala foi conduzida pela Nara.

Impossível descrever em palavras a emoção sentida durante a apresentação músico-místico-teatral da Irmandade Servo Sofredor, que foi de grande comoção e sensibilidade.

espaço


 Fotos da apresentação da Irmandade Servo Sofredor

espaço

Ai vai o vídeo do depoimento que gravamos com Nara e seus companheiros durante o evento:

 espaço

espaço

Após a fala de Nara foi a vez de Zenaide Honoro, representante do DIEESE, assumir o microfone. Zenaide, visivelmente emocionada, enfatiza a dupla discriminação que as mulheres negras sofreram e ainda sofrem durante suas vidas.

espaço

Foto de Zenaide

espaço

Ana, representando o Projeto Âncora, foi a próxima a subir no palco e a expressar seus sentimentos pela Escola Projeto Âncora. Ana é mãe de filhos que estudam na Escola do Projeto e compartilhou conosco as diferenças nos hábitos dos filhos após o ingresso na nova escola. Ela ressalta a qualidade e a diversidade de atividades socioculturais oferecidas pelo projeto, que tem como principal diferencial a ‘’humanização’’ no método de ensino.

espaço

Foto de Ana do Projeto Âncora

espaço

Após a fala de Ana, fomos convidados a prestar homenagem aos mártires da América Latina. Eles são testemunhos constantes da luta pela justiça e paz, e por isso figuram na Agenda, para que, diariamente, façamos memória a estas pessoas, trabalhadores, estudantes, jovens, que animados por um projeto de mundo fraterno, doaram-se por inteiro. Em 2013, faremos especial memória dos 40 anos de martírio de Alexandre Vanucchi Leme, estudante de Geologia da USP, morto pela polícia em 17 de março de 1973, por causa da repressão da ditadura brasileira, e também dos 25 anos do martírio de Chico Mendes, assassinado em 22 de dezembro de 1988 por latifundiários, por defender as florestas e o direito a terra para todos e de forma consciente.

Em seguida, a missionária Elizabeth Rondon Amarante, popularmente conhecida como Irmã Beth Myky, assume o microfone. Irmã Beth, que vive há 35 anos em uma comunidade indígena no Mato Grosso, destaca o fato de estar ali representando os índios de sua terra e conduz sua fala nos trazendo informações importantes de sua luta atual contra o oligopólio agrário. Conseguimos ‘’roubar’’ a Beth Myky por alguns instantes e ela também falou para os jovens dominicanos, assista ao vídeo:

espaço 

espaço

Por último, sobe ao palco o único representante masculino da lista de homenageados, que é Carlos Kopcak do CEEP – Centro de Educação, Estudos e Pesquisas.

Carlos nos narrou um pouco da trajetória de lutas do CEEP desde a época da ditadura militar, durante sua fundação, até hoje. Ressalta que ‘’uma outra educação é possível a partir dos trabalhadores’’ .

Assistam ao vídeo de Carlos Kopcak falando um pouco sobre a Agenda e o CEEP:

 

espaço

Antes do encerramento das atividades oficiais, foi lida uma carta de Dom Pedro Casaldáliga escrita especialmente para a ocasião do lançamento em São Paulo.

Após a cerimônia fomos todos convidados aos comes e bebes do pós-evento. E no meio do bate-papo encontramos o deputado estadual Adriano Diogo, que estava dando uma força para a rapaziada do evento. Adriano está envolvido nos trabalhos da Comissão da Verdade, que investiga crimes cometidos pelo Estado durante a Ditadura Militar, e achamos oportuno gravar o parecer dele sobre a Comissão e sobre o evento:

 

espaço

Por lá, também tivemos a oportunidade de papear com um dos Amig@s do Livro-Agenda Latino-Americana em São Paulo, o Padre Geraldo Nascimento, SJ. Surpreso com o grande público presente na noite do lançamento em São Paulo, Geraldo nos falou um pouco do significado de toda essa movimentação. Assista aqui:

espaço

espaço

Para encerrar, ressaltamos novamente que participamos de uma noite mágica. Fica fácil de acreditar em uma outra sociedade possível perto de tanta gente que dá o sangue e suor pelas causas dos oprimidos. E é justamente por essas pessoas, essas sementes que dão frutos no seu próprio tempo, que devemos continuar na luta pelo sonho ainda não alcançado.

Jovens do #MJDBR: A responsabilidade também é nossa, e o nosso claustro é o mundo.

 

– – – –

 

Contatos: 

Site do CEEP: http://www.ceep.org.br/

Site do CIMI: http://www.cimi.org.br/

Site do DIEESE: http://dieese.org.br/

Site do Projeto Âncora: http://www.projetoancora.org.br/

E-mail da Irmã Beth Myky: bethmyky@hotmail.com

E-mail de Thomaz F. Jensen: tfjensen@uol.com 

Contato Grupo Pão e Arte: Terezinha – tel (11) 2962 7862 | (11) 9205 6790

Endereço Irmandade Servo Sofredor: Travessia Elves Presley, 103 – Viela 3 – Vila Nova Progresso | 09120-100 – Santo André, SP.

 

Anúncios

7 pensamentos sobre “Lançamento da Agenda Latino-Americana em São Paulo

  1. OLA. GOSTEI DO LANÇAMENTO DA AGENDA. TALVEZ PUDESSE SER UM POUCO MAIS CURTO. ACHO QUE FORAM MUITOS OS HOMENAGEADOS. CLARO QUE MERECEM, MAS…SERIA MELHOR SE A CADA ANO FOSSEM EM MENOR NUMERO PRA CERIMONIA NÃO FICAR MUITO EXTENSA.
    ABRAÇOS
    PE. JOSÉ DOMINGOS BRAGHETO

  2. Meninos, parabéns pela cobertura ao evento. Assistir a estes depoimentos com certeza nos dá força para continuar na luta por uma outra sociedade! Temos um belo material para nos debruçarmos!

  3. Obrigado pelos comentários pessoal! De fato um precioso material em audio e vídeo p/nos debruçarmos e compartilharmos com mais pessoas.

    Sugestões e críticas também são bem vindas, o blog é nosso 🙂

    Grande abraço!

  4. Parabéns pela cobertura e conteúdo da reportagem. A partir de todas essas informações, gostaria de adquirir essa agenda e usá-la conforme orientação do Frei João. Como posso adquiri-la?

    Abraços

    Lourdes

  5. gostei muito gostaria de adiquere a minha agenda o quanto ants parabens a todos pela corbetura do evento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s