Ato em Solidariedade a Tribo Xavante e a Dom Pedro Casaldáliga

por Osvaldo Meca, Giovana Ruiz e Bruno S. Alface

MJD-BR

Eu morrerei de pé como as árvores.
Me matarão de pé.
O sol, como testemunha maior, porá seu lacre
sobre meu corpo duplamente ungido.

E os rios e o mar
serão caminho
de todos meus desejos,
enquanto a selva amada sacudirá, de júbilo, suas cúpulas.

Eu direi a minhas palavras:
– Não mentia ao gritar-vos.
Deus dirá a meus amigos:
– Certifico
que viveu com vocês esperando este dia.

De golpe, com a morte,
minha vida se fará verdade.
Por fim terei amado!

(Profecia Extrema – Dom Pedro Casaldáliga)

 

No dia 7 de fevereiro de 2013, integrantes do MJD-SP estiveram presentes no Ato em Solidariedade a Tribo Xavante e a Dom Pedro Casaldáliga realizado no Salão nobre da Câmara Municipal dos Vereadores de São Paulo, SP. 

mesa_atoXavante_07.02.13

A manifestação, que foi tema de nosso último post aqui no Blog, foi organizada pelo Comitê de soliedariedade a Dom Pedro Casaldáliga e ao Povo Xavante, contando com a participação de parlamentares, lideranças religiosas, agentes pastorais, militantes e representantes de movimentos sociais que endossam o apoio a resistência indígena. 

Paulo Roberto Martins Maldos, Secretário Nacional de Articulação Social do Governo Federal, foi o primeiro a falar ao público. Em seu colóquio de abertura, Paulo nos trouxe o panorama atual dos fatos que envolvem o conflito e após o evento também falou especialmente ao nosso Blog sobre esse cenário. Confira no vídeo abaixo.

#mjdbr

#mjdbr

Dom Milton Kenan Júnior, Bispo Auxiliar de São Paulo da região episcopal da Brasilândia, foi o segundo discursar demonstrando o apoio e solidariedade de todos os Bispos à causa de Dom Pedro a aos Xavantes. Antes do inicio da cerimônia, Dom Milton também nos concedeu uma rápida palavra.

#mjdbr

#mjdbr

Erundina_atoXavante_07.02.13

Após Dom Milton, foi a vez de a Deputada Federal Luisa Erundina assumir o microfone. Ao fim de sua fala, Erundina aproveitou para convidar o Senador Eduardo Suplicy para colaborar com a criação de uma frente parlamentar mista em defesa do povo Xavante. O Senador, que aceitou o convite instantaneamente, foi o quarto a falar ao público durante a manifestação. 

Waldemar Rossi, representante da Pastoral Operária, foi o quinto a prestar solidariedade. Em seguida, Hamilton Pereira, Secretário de Cultura do Distrito Federal e também conhecido como escritor por Pedro Tierra, fez seu colóquio para o público. Hamilton, assim como Casaldáliga, cultiva uma particular paixão pelas palavras e juntos chegaram a lançar o livro de poesias ‘’Ameríndia Morte e Vida’’, pela Editora Vozes. Hamilton também falou exclusivamente ao Blog do MJD.

#mjdbr

#mjdbr

O advogado Luiz Eduardo Greenhalgh foi o sétimo a se pronunciar e apresentou documentos que comprovam que Dom Pedro é perseguido há pelo menos 40 anos, em motivo de sua opção de lutar em defesa dos direitos dos oprimidos. Bem humorado, Eduardo partilhou conosco a frase que Casaldáliga proferiu ao saber da ameaça dos militares durante o período da ditadura brasileira: ‘’Se Deus é grande, a mata é maior’’.

Carlos Giannazi, Deputado Estadual de São Paulo, esteve presente para prestar solidariedade a causa e ao término do evento também concedeu uma rápida palavra ao nosso canal.

#mjdbr

#mjdbr

E após aproximadamente duas horas de colóquios e homenagens no Salão nobre, o Ato se encerrou com a fala de um representante legítimo da Tribo que está em evidência. Bruno Xavante, que é estudante de serviço social aqui em São Paulo, também concedeu seu parecer para o nosso Blog.

#mjdbr

#mjdbr

público_atoxavante_070213Assim como o Secretário Paulo Maldos nos disse, bom seria se eventos como esse acontecessem Brasil afora, reunindo agentes de transformação social de diversos setores comprometidos em combater a opressão agrária do Brasil, que é uma triste realidade de nosso país. A proposta dessa reportagem é de colaborar com a formação da sociedade e, principalmente, do público jovem sobre este importante tema, que é a etapa anterior necessária para melhor agirmos no mundo.

Saiba como apoiar e colaborar entrando em contato com o Comitê de Solidariedade ao Povo Xavante e a Dom Pedro Casaldáliga. Contatos:

Paulo Pedrini: pcpedrini@ig.com.br
Alexandre Maciel: alexandre.maciel.silva@gmail.com
Alexandre Ferreira: aleterralivre@riseup.net

Outras fontes:

Reportagem da rádio Brasil Atual sobre o evento:

http://www.redebrasilatual.com.br/radio/programas/jornal-brasil-atual/d.-pedro-casaldaliga-e-homenageado-na-camara-municipal-de-sao-paulo/view

Reportagem do sítio Palavra Aberta: 

http://palavraaberta.com.br/homenagem-a-dom-pedro-casaldaliga-pela-defesa-dos-indios-xavante/

Anúncios

2 pensamentos sobre “Ato em Solidariedade a Tribo Xavante e a Dom Pedro Casaldáliga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s