Roteiro de Oração – Caminhada Orante 2013

Semana São Domingos de Gusmão . Dia 2

Para às 20h

Invitatório:

Vinde ó Deus em meu auxilio, socorrei-me sem demora! Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, como era no princípio agora e sempre amém!

 

Adoro te Devote  –  S. Tomás e Aquino

 

1 Eu vos adoro devotamente, ó Divindade escondida,

Que verdadeiramente oculta-se sob estas aparências,

A Vós, meu coração submete-se todo por inteiro,

Porque, vos contemplando, tudo desfalece.

2 A vista, o tato, o gosto falham com relação a Vós

Mas, somente em vos ouvir em tudo creio.

Creio em tudo aquilo que disse o Filho de Deus,

Nada mais verdadeiro que esta Palavra de Verdade.

3 Na cruz, estava oculta somente a vossa Divindade,

Mas aqui, oculta-se também a vossa Humanidade.

Eu, contudo, crendo e professando ambas,

Peço aquilo que pediu o ladrão arrependido.

4 Não vejo, como Tomé, as vossas chagas

Entretanto, vos confesso meu Senhor e meu Deus

Faça que eu sempre creia mais em Vós,

Em vós esperar e vos amar.

 5 Ó memorial da morte do Senhor,

Pão vivo que dá vida aos homens,

Faça que minha alma viva de Vós,

E que à ela seja sempre doce este saber.

 6 Senhor Jesus, bondoso pelicano,

Lava-me, eu que sou imundo, em teu sangue

Pois que uma única gota faz salvar

Todo o mundo e apagar todo pecado.

 7 Ó Jesus, que velado agora vejo

Peço que se realize aquilo que tanto desejo

Que eu veja claramente vossa face revelada

Que eu seja feliz contemplando a vossa glória. Amem

 

Leituras Bíblicas

 

30/06 – Quinta-feira

Sl 109 / Lc 9, 11-17 

31/06 – Sexta-feira

Is 12 / Lc 1. 39-56

01/07 – Sábado

Sl 18 / Mc 11, 27-33

 

+ Pai Nosso

 

A alegria da alma no Senhor

– 46 A minha alma engrandece ao Senhor *

47 e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

– 48 pois ele viu a pequenez de sua serva, *

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

 

– 49 O Poderoso fez por mim maravilhas *

e Santo é o seu nome!

– 50 Seu amor, de geração em geração, *

chega a todos que o respeitam;

 

– 51 demonstrou o poder de seu braço, *

dispersou os orgulhosos;

– 52 derrubou os poderosos de seus tronos *

e os humildes exaltou;

– 53 De bens saciou os famintos, *

e despediu, sem nada, os ricos.

– 54 Acolheu Israel, seu servidor, *

fiel ao seu amor,

 

–55 como havia prometido aos nossos pais, *

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *

Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

 

Oração

Diante de vossa face, imploramos, Senhor, que vossa bondade nos conceda meditar sempre no coração aquilo que vos dizemos com nossos lábios. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espirito Santo.

 

dsc_0140.jpg

Anúncios

Caminhada Orante 2013: Prepare-se!

Por Rodrigo Sobrinho* 

#mjdbr

Olá, meus Bons!

Estamos na reta final dos preparativos para nossa Caminhada Orante, são quase 3 semanas e ainda há tempo pra todos os interessados se prepararem fisicamente para essa atividade.

Como costumamos dizer em um pré-retiro: “no momento em que começamos a mentalizá-lo, pensá-lo, já estamos em retiro”, o mesmo acontece com a Caminhada. Desde já, adotemos uma postura física correta, então, você que está lendo este texto, SENTE-SE direito! 🙂

Se você não está acostumado a fazer caminhadas, atente-se às dicas que vamos passar.

Antes de iniciar qualquer caminhada é importante se alongar por cerca de 5 minutos. Veja a seguir alguns exercícios de alongamento importantes para uma atividade física como a caminhada.

 #mjdbr

Image

#mjdbr 

É importante que cada alongamento seja feito com uma duração média de 20 segundos e por duas vezes, antes e depois de cada caminhada para que sejam evitadas lesões anteriores e posteriores à nossa atividade.

Já que é a nossa reta final, levaremos em conta essas 3 últimas semanas restantes e dividiremos nossa preparação em 4 blocos:

1º Bloco: De 09 – 12 de maio

Nessa etapa inicial é importante estipular um tempo de adaptação para que seu corpo se acostume à atividade. Faça uma caminhada leve de 15 a 30 minutos. Lugares planos são os mais indicados para iniciarmos a caminhada e também para manter a constância da atividade.

A distância neste momento não é tão importante. Apenas fique atento ao ritmo, tanto cardíaco quanto ao de caminhada. Priorize, se possível, praças, parques ou lugares de pouca atividade automotiva.

2º Bloco: De 13 – 19 de maio

Como já adotamos um ritmo, mesmo que pequeno, a ordem agora é acelerar um pouco!

A partir daqui adotaremos um ritmo mais forte e constante. De 30 a 40 minutos. Por enquanto não iremos freqüentar terrenos acidentados e/ou variados. Mantenha-se num terreno plano.

3º Bloco: De 20 – 26 de maio

É, agora a coisa ficou séria! Rs.

Uma boa caminhada de até 1 hora de duração com variação de terrenos (subidas, descidas, curvas, retas, cuidado com buracos..), lembrando que o limite de cada um deve ser respeitado, pois, priorizamos o Bem Estar e a Qualidade de Vida.

Atenção à constância e intensidade. Fique de olho para evitar desgaste e lesões Pré-Caminhada Orante.

4º Bloco: De 27 – 29 de maio

Volte ao ritmo de atividades do 1º Bloco. Aprecie sua caminhada, reflita sobre o motivo de ir à sua peregrinação. Não se esqueça de suas orações diárias.

Durante o seu treino é importante sempre se hidratar. Priorize a boa e velha água.  NUNCA esqueça de se hidratar durante os exercícios, é imprescindível para nossa termorregulação , ou seja, regulação da temperatura corporal, então, providenciem um recipiente que ajude nessa reposição. Nosso corpo funciona como “motor de carro”, aqueceu demais, a freqüência cardíaca sobe (alarme!) e ocorre a fadiga precocemente. Uma boa pedida é 100 a 200 ml a cada 10/15 minutos de exercício. Limite: 1litro/hora. Ao fim de seu treino procure também repor as energias com hidrotônicos, se preferir.

A alimentação é importantíssima antes, durante e depois da atividade. Tenha sempre frutas ou barrinhas de cereais à mão.

É importante que você faça a preparação e a caminhada com um calçado confortável. Não se preocupe em comprar um calçado novo, pode utilizar o tênis que você já está acostumado a usar desde que ele seja macio. Não muito baixo e não tão velho assim, pois o amortecimento desse calçado será importante para nossa caminhada. Caso necessário, adquira o calçado o quanto antes e já se prepare com ele para a Caminhada.

A caminhada é um exercício físico muito importante, pois ajuda a regular o bom funcionamento do nosso sistema respiratório e cardíaco. Convide seus familiares e amigos para participarem dessa sua preparação mesmo que não tenham objetivo de participar da Caminhada Orante. Assim, pegando o gosto pela atividade, quem sabe no ano que vem elas possam acompanhar você nesse grande momento!

É isso minha gente! Até a caminhada e bom treino pra todos!

Dúvidas: sobrinho_ro@hotmail.com

#mjdbr

Image

#mjdbr 

— — — —

Inscrições:

Para realizar sua inscrição e garantir sua vaga é necessário:

-Preencher o formulário on-line: http://migre.me/ez7Eg
-Depositar parte do valor da inscrição (150,00) na conta indicada no cartaz.
-Enviar o comprovante de depósito para o e-mail mjddobrasil@gmail.com. (enviar digitalizado – scanneado ou fotografado, possibilitando leitura). 

— — — —

*Rodrigo Sobrinho é estudante de Educação Física e integrante do MJD-BR.

#mjdbr

Encontro Regional Norte: Primavera chamada MJD

Por Giovanna Araújo

A expectativa para o encontro regional foi grande, pois há tempos estávamos nos preparando para isso. Por sermos o último grupo a realizar o encontro, ficávamos ansiosos a cada foto ‘’postada’’ dos encontros das demais regiões.

”Galinhada do Presida” – realizada pelos jovens e amigos do MJD-Porto para arrecadar fundos e contribuir com os gastos da viagem dos integrantes da coordenação nacional.

”Galinhada do Presida”

Ao estudarmos o texto introdutório proposto pelo nosso coordenador nacional, Léo De Laquila, ficamos incomodados com essa pergunta que havia no texto: “Ser Cristão não seria mais uma forma de diluir o meu eu em outra espécie de massa?”, recordo-me bem da reação de cada um que estava ali á mesa, tivemos opiniões parecidas, mas nenhuma igual. Foi o início da nossa compreensão sobre identidade.

A semana do Encontro foi aquele alvoroço de ansiedade, e é chegado o grande dia, dia em que crescemos em conhecimento e abrimos nossas mentes para enfim respondermos aquelas perguntas que as pessoas fazem normalmente para nós, tais como: “quem é você? O que faz? Por que está aqui?” Que estão bem expressas na poesia e comentários de nossos novos membros do MJD-Porto Nacional, Yves Michel e Thamires Ramalho:

CADE VOCÊ?

Ei, Você!

Você mesmo!

Tá me vendo?

Olha aqui!

Por Favor, olhe pra você.

 

Ei, Você!

Todos os dias, cadê você?

Presta atenção, tá me ouvindo?

Escute aqui!

Por favor, escute você.

 

Ei, Você!

Todos os dias! Cadê você?

Onde está, te procuro?

Sinta essa essência!

Por favor, experimente você.

 

Ei , Você!

Todos os dias! Cadê você?

Por onde andas?

Delicie isso!

Por favor, saboreie você.

 

Ei, Você!

Todos os dias! Cadê você?

Ainda te procuro;

Percebi que você também te procuras!

Pare! Veja, escute, sinta e saboreie.

Ei, Você!

Todos os dias;

você está dentro de você!

(Poema de Yves Michel Beckman)

 “A avaliação do Encontro Regional Norte do MJD-BR foi extremamente positiva por conta das formas que o Tema ‘’Identidade’’ foi abordado e, ao mesmo tempo, do trabalho de exposição do carisma dominicano. Momentos de reflexão, espiritualidade e estudo; momentos que devolvem a liberdade a nós jovens e nos ensina a degustar a verdadeira liberdade. Outro ponto importante foi a partilha de experiências entre os conferencistas e os jovens: o tempo todo em comunhão. Para concluir, a minha simpatia pelo Movimento Juvenil Dominicano se consolidou, e esse encontro foi fundamental para que isso acontecesse.” (Yves Michel Beckman, 22 anos, estudante de Direito) 

 Image

Image

 Image

‘’No dia 04/05 eu tive uma das melhores experiências da minha vida. Não há nada mais mágico do que sentir a delícia de ser efetivamente quem você é, sem máscaras, sem medo. Conhecer o real sentido de identidade e refletir sobre o texto de Drummond, fez com que em minha cabeça surgissem inúmeras indagações, tais como: “Será que eu estou sendo coisificada?”, “Será que esta mídia alienadora, também está me corrompendo?”, “Venho negando a minha identidade para satisfazer outras pessoas?”. Em minha oração pessoal, veio-me a afirmação do que eu já sentia necessidade: tornar-me membra do MJD, ter comigo as virtudes de uma jovem dominicana, assumir a minha real identidade. Eis me aqui, mais uma flor nesta imensa primavera chamada MJD. Meus amigos, já dizia Che Guevara: “Os poderosos podem destruir uma, duas, até três rosas, mas jamais poderão deter a primavera”. (Thamires Ramalho, 16 anos, estudante do Colégio Sagrado Coração de Jesus)

E pra finalizar uma reflexão minha sobre o encontro: O comodismo já não faz parte de mim, as perguntas quem sou, quem é você, já são respondidas claramente por mim mesma, não preciso de rótulos, muito menos de textos para me espelhar, hoje eu própria o crio, e redijo a partir deste partes de mim, que me completam e que nas entrelinhas vão dizendo o que sou e o que faço. Identidade, eu tenho a minha, e recomendo que construa a sua! (Giovanna Araújo, 16 anos, coordenadora do MJD-Porto)

IMG_4664

Leonardo De Laquila (Coordenador Nacional do MJD-BR), Danize Mata (Assessora da Região Norte do MJD-BR) e Fr. Claudemir Rodrigues (Assessor Nacional do MJD-BR).

IMG_4654

Image

 

Encontro Regional Norte: A construção da identidade

Por Leonardo De Laquila

Olá queridos companheiros de caminhada da Região Norte! Com muita alegria nos aproximamos de mais um encontro!

E por que nos encontrarmos?

O MJD-BR é um movimento espalhado por três cantos do Brasil que agrega em cada um de seus grupos diversas formas de vivenciar o Carisma Dominicano. Para mantermos a unidade, se faz necessário de tempos em tempos refletir e partilhar a caminhada para nos enriquecermos e mantermos a chama acesa. Sempre temos o que partilhar e por onde crescer! E esse é o momento e por isso é de suma importância a participação de cada integrante do MJD. Vocês são aquilo que faz o movimento poder existir, a sua ausência nos faz mais fracos!

O encontro regional é um espaço também destinado à formação e por isso é aberto a outros jovens que sentem a necessidade de se aprofundar a na fé ou mesmo tem o desejo de conhecer nosso carisma.

Esse ano a reflexão gira em torno da “IDENTIDADE”, pois como Humanos em construção, precisamos clarear e fortalecer o nosso “Si Mesmo” para assim, nos tornarmos mais próximos daquilo para o qual Deus nos criou.

A seguir um texto para iniciarmos o encontro!

Aproveitem…

#mjdbr

Image

#mjdbr

A construção da Identidade

O Homem é o único animal social que, para entrar em sua sociedade e ocupar uma “função”, necessita aprender. Nesse processo, ele busca se afastar de sua zona de instinto para então se tornar aquilo que chamamos de civilizado. Assim, o Homem, ser social, inicia o desenvolvimento da sua identidade através da interação que mantém com o meio em que vive. A construção da identidade apresenta características diversas em razão das diferenças culturais.

Todo processo de construção de Si vai ser quase que determinado pelos tipos de estímulos que recebemos, estímulos como motivação à curiosidade, desenvolvimento da fala e dos movimentos, ao convívio social, exercício do pensar e agir autônomo entre tantos outros. Nesse processo de estímulos externos, somos influenciados pelo meio a nossa volta e, dentro de um processo mimético, absorvemos e copiamos de forma consciente ou inconsciente esse meio.

Mas o que é propriamente dito Identidade?

Segundo o Dicionário Michaelis “Conjunto dos caracteres próprios de uma pessoa, tais como nome, profissão, sexo, impressões digitais, defeitos físicos etc., o qual é considerado exclusivo dela e, consequentemente, considerado, quando ela precisa ser reconhecida.”

O mundo moderno está repleto de teorias pedagógicas que visam emancipar o Homem e torna-lo autônomo, fortalecendo sua identidade, mas não é bem isso que verificamos. A globalização hiperestimula o Homem, e esse estímulo, que deveria ser de “diferenciação”, leva-o a querer se “igualar” aos padrões pré-determinados, tornando-o um ser diluído em uma grande massa formalizada. O Homem, que deveria ser autêntico, torna-se mais um na sociedade.

Segundo S. Tomás de Aquino, a finalidade da ação Humana é a busca da felicidade. Tudo que fazemos está relacionado a esse encontro. Porém, esse encontro se dá na autenticidade do ser. Deus me criou com mecanismos específicos e uma finalidade particular para me tornar único. Quando descubro a minha identidade, aquilo para o qual Deus me criou, encontro o caminho que me leva a me tornar mais pleno e, por isso, mais feliz.

Engana-se aquele que pensa que esse caminho do “conhece-te a ti mesmo” se dá no isolamento súbito. Como disse no início do texto, o Homem é um animal social que precisa aprender. O Homem precisa do outro e o outro é fundamental no processo da Identidade, pois sem necessidade de me diferenciar de alguém não preciso me tornar eu mesmo. O “eu” só existe se existir o “outro”. Essa bela contradição é o que torna a construção pessoal em uma trama que passa no se “igualar” para se “diferenciar”. A questão principal é que se não recebermos os estímulos de necessidade desse segundo movimento de diferenciação, acabamos sendo engolidos pelo nós.

Como entrar em um processo de vivenciar uma Humanidade autêntica utilizando das facilidades desse mundo global para me tornar aquilo para o qual Deus me criou? Ser Cristão não seria mais uma forma de diluir o meu eu em outra espécie de massa?

É isso que queremos discutir no nosso encontro!

#mjdbr

Contatos para inscrições:

Ir. Patricia – patriciatexs@yahoo.com.br

Giovanna Araújo – djozinha_@hotmail.com

#mjdbr